sexta-feira, 22 de junho de 2012

Por um Cristo Nordestino...






20 de junho, café junino na IPU/Muritiba. Tema: Por um Cristo Nordestino. Encontro que suscitou reflexões.  


"Louvem a Deus no seu santuário, que é o céu do sertão! Louvem a Deus pela chuva, pelo sol e pela assombrosa resistência do povo...Louvem a Deus com sanfona e zabumba..."

Festejos juninos, o nordeste está em festa! Apesar dos infortúnios, da seca, do sofrimento, somos um povo que nunca esqueceu de sorrir. Sim, essa é uma verdade que está para além do mito do pobre conformado, pois, por conta mesmo dessa resistência é que não nos deixamos entristecer enquanto lutamos por dias melhores.

Dia desses estava comentando com uma amiga blogueira sobre como o meu blog estava teológico...(risos) e aqui estou mais uma vez falando desses "assuntos", fruto de muitas discussões. Mas, o que é a nossa vida senão pensar e discutir sobre aquilo que nos envolve? Não sei se posso falar sobre Deus, como diz Adélia Prado "não saberia dizer nada sobre Deus", a única coisa que posso fazer é adorá-lo.

Não saberia dizer se Deus é isto ou aquilo, sendo Ele próprio todas as coisas, não posso aprisionar Deus em minha pobre lógica, mas eu posso crer. Acreditar que ele é amor e ao mesmo tempo diversidade! Posso adorar um Cristo que também seja nordestino, posso ofertar no seu altar os chinelos da caminhada (parafraseando a liturgia da IPU). E diante desse envolvimento do Cristo com o humano posso deixar a dicotomia vida x teologia de lado e me envolver cada vez mais com estas questões que já não fazem mais parte da minha vida, mas já são a minha própria vida...Cristo, o verbo encarnado, pensado, discutido, mas, sebretudo, adorado!

"O evangelho não é teoria, é a verdade de Deus em Cristo" (Liturgia IPU)
NEle, fonte de vida e alegria!
Mércia Cruz

2 comentários:

  1. Pois é, já são a própria vida.

    "Cristo, o verbo encarnado, pensado, discutido, mas, sebretudo, adorado!"

    Amei, Mel

    ResponderExcluir
  2. Valeu Isa, parceira de discussões

    ResponderExcluir